Em busca da santa paciência!

22/07/2006

Inspirado pelo Planeta e pelo bom e velho Og, estou começando meu blog sobre Ubuntu e coisas do tipo.

Como todos sabem (ou estão sabendo agora), dia 26 de outubro será lançada a próxima versão do Ubuntu, por isso estamos apertando o passo com as traduções (participem do Dia do Tradutor). Apesar de estar a pouco tempo no time de tradução, pude observar e aprender algumas coisas. Dentre elas, ressalto uma de grande importância: tradução demanda paciência! Como eu também não a possuo em excesso 🙂 , vou dar algumas dicas para quem quiser se aventurar…

Em primeiro lugar, tradução sem paciência gera resultados catastróficos: erros de ortografia, erros de concordância, erros de lógica na formação da frase e, o pior, erros graves de tradução!

Comentando com o Og, encontrei alguns erros engraçados que complicariam a vida de quem tivesse utilizando o programa que contém essas frases. Em um programa com cadastro de usuário, encontrei o seguinte:

Frase original | Tradução correta | Tradução encontrada
Marital Status | Estado civil | Estado de segurança
Single | Solteiro | ocioso
Divorced | Divorciado | Tirar a voz

Além de outros que ainda estou tentando entender…

Outra coisa, estamos com a lista de pacotes a serem traduzidos na página EdgyPacotes. Se observarem, verão que muitos dos pacotes com maior porcentagem de tradução estão parados em frases grandes, como o pacotes whois. Só faltam 2 frases para concluir a tradução deste pacote, mas são frases que desanimam pelo tamanho. Uma delas é a seguinte:

Usage: whois [OPTION]... OBJECT...↵
↵
-l                     one level less specific lookup [RPSL only]↵
-L                     find all Less specific matches↵
-m                     find first level more specific matches↵
-M                     find all More specific matches↵
-c                     find the smallest match containing a mnt-irt attribute↵
-x                     exact match [RPSL only]↵
-d                     return DNS reverse delegation objects too [RPSL only]↵
-i ATTR[,ATTR]...      do an inverse lookup for specified ATTRibutes↵
-T TYPE[,TYPE]...      only look for objects of TYPE↵
-K                     only primary keys are returned [RPSL only]↵
-r                     turn off recursive lookups for contact information↵
-R                     force to show local copy of the domain object even↵
•••••••••••••••••••••••if it contains referral↵
-a                     search all databases↵
-s SOURCE[,SOURCE]...  search the database from SOURCE↵
-g SOURCE:FIRST-LAST   find updates from SOURCE from serial FIRST to LAST↵
-t TYPE                request template for object of TYPE ('all' for a list)↵
-v TYPE                request verbose template for object of TYPE↵
-q [version|sources|types]  query specified server info [RPSL only]↵
-F                     fast raw output (implies -r)↵
-h HOST                connect to server HOST↵
-p PORT                connect to PORT↵
-H                     hide legal disclaimers↵
••••••--verbose        explain what is being done↵
••••••--help           display this help and exit↵
••••••--version        output version information and exit↵

Não que seja errado pular (eu também pulo), mas gostaria de incentivar os tradutores (oficiais e colaboradores) a gastarem o tempo de 5 frases curtas com uma frase longa. Isso diminui pouco da porcentagem, mas é um alívio muito grande depois de pronto.

Anúncios

Uma resposta to “Em busca da santa paciência!”

  1. Og Maciel said

    Buenas Andre’,

    Esqueceu de falar que voce e’ o sherife da pagina EdgyPacotes! 😉

    Sucesso!

    Og

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: